Posts on Jan 1970

Prefeitura implanta teleassistência para idosos

Botão de emergência salva a vida de idoso no RS

A cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul, implantou um programa de teleassistência para idosos, seguindo o modelo de muitas cidades européias. O aposentado João Albino Lopes, 66 anos e deficiente visual há dez anos, é um dos usuários do Sistema de Emergência Pessoal PERS3600, distribuído pela Tecnosenior, e conta sua experiência.

João Albino Lopes usando o botão de emergência na pulseira

Foto de Nilson Winter

 

O Sr. João acionou o botão de emergência para conectar com a Central de Atendimento, e pedir ajuda para a esposa que tem Alzheimer. “Mesmo estando acompanhado da nossa cuidadora, quando soube que minha esposa estava desmaiada, não pensei duas vezes em apertar o botão e pedir ajuda. Em 15 minutos a ambulância do Samu chegou e iniciou o atendimento”, contou ele satisfeito com o serviço rápido e eficiente. “Sei que o usuário da pulseira sou eu, mas no momento de necessidade fui obrigado a usá-la e em nenhum momento foi negado atendimento”.

Segundo Lisiane Machado Bitencourt da Silva, da unidade de Atenção Básica de Saúde, o objetivo da Secretaria Municipal de Saúde de São Leopoldo é agilizar o atendimento médico para reduzir a gravidade. “Dá uma segurança maior nas intercorrências médicas, ou seja, nos eventos inesperados que necessitam de um procedimento médico, nos possibilita a oferecer o socorro de forma mais rápida, reduzindo assim a gravidade. Além disso, traz uma tranquilidade maior para a família”. Leia aqui a matéria publicada pela prefeitura.

Teleassistência para Idosos na Europa

A implantação de Sistemas de Emergência Pessoal para idosos é comum em muitas cidades da Europa, como em Lisboa, por exemplo,  onde este serviço contribui para a manutenção da autonomia dos idosos no seu domicílio, com dignidade e segurança, proporcionando uma resposta imediata em situação de emergência ou derivadas destas, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Aqui no Brasil, algumas cidades como Joinville, em Santa Cataria, e Santos, em São Paulo, já implantaram programas de teleassistência para idosos de baixa renda.

 

Continue Reading