Como facilitar a cobrança nos negócios de assinatura ou receita recorrente.

A receita recorrente, também conhecida como modelo de assinaturas, baseia–se na venda de produtos ou serviços com uma mensalidade, como  é o caso do serviço de Emergência Pessoal.

Uma das dores de cabeça para quem empreende nesse modelo de negócio, diz respeito a forma de cobrar os serviços. Processos utilizados até então, como o cadastramento dos clientes e emissão de boletos, além de demandarem muito tempo e serviço de administração, muitas vezes geram atrasos nos pagamentos.  Os clientes esquecem de pagar e até perdem o boleto. Isso acarreta custo que não são percebidos e contabilizados pelo empresário: alguém tem que ligar para o cliente (diversas vezes) para lembrar do pagamento, emitir um novo boleto, dar baixa no boleto que não foi pago… e por aí vai.

Plataformas de gerenciamento da Receita Recorrente 

Empresas que fornecem plataformas para gerenciamento de negócios de receita recorrente, oferecem um vasto material informativo sobre este modelo de assinaturas, além de automatizarem todo o processo. Desta forma, o cliente pode contratar o serviço pagando com cartão de crédito ou boleto, de forma totalmente transparente para o prestador de serviço. Muitos vão argumentar que isso vai acarretar mais custos ao serviço, no entanto, não estão considerando os custo indiretos que recaem sobre a forma atual de cobrança.

No Brasil temos duas grandes empresas nesta área: a Vinde  e a Superlógica. Vale a pena dar uma olhada nos vídeos e e-books que elas disponibilizam sobre o assunto. 

Clique aqui para saber mais: Economia da Recorrência e Pagamento Recorrente.

 

Read More