Como ter uma família feliz

Conviver em família é complicado. Demanda um exercício diário de tolerância e compreensão, especialmente quando os familiares têm hábitos e costumes diferentes dos seus. Podem ocorrer brigas, divergências de opinião, mas, a qualquer momento, o respeito sempre deve prevalecer. Essa, fundamentalmente, é a melhor resposta para quem quer saber como ter uma família feliz: respeito.

As pessoas idosas costumam ser mais conservadoras e resistentes, justamente pelo fato de terem vivido a maior parte de sua vida em outra época, e, por isso, podem ter dificuldade para adaptar-se às soluções que encontramos para determinadas situações.

Por isso, hoje queremos propor que você dê o primeiro passo rumo a uma convivência mais saudável e harmoniosa para com seus familiares. E, para ajudá-lo nessa missão, elaboramos quatro dicas sobre como ter uma família feliz. Confira!

  1. Empatia

Todas as pessoas são diferentes das outras, mesmo que tenham crescido no mesmo ambiente e sob as mesmas influências. No caso das pessoas mais velhas, essa diferença é ainda maior.

A empatia sugere que, em qualquer situação, você tenha a capacidade de colocar-se no lugar do outro – seja ao perceber alguma atitude com a qual você não concorda, quando tiverem de chegar a um consenso ou quando a situação exigir uma decisão difícil.

Tente imaginar o que a outra pessoa faria em determinada situação, tente entender os motivos que a levaram a tomar tal atitude, tente entendê-la de maneira geral.

Acredite: a empatia é capaz de evitar muitos conflitos.

  1. Diálogo

Você sabia que a maioria das discussões acontece por falta de diálogo?

Muitas vezes as pessoas guardam seus sentimentos e esperam que os outros as compreendam. É necessário expressar o que sente e também estar disposto a ouvir o outro.

Se necessário, convoque reuniões periódicas com os familiares e certifique-se de que todos tenham a oportunidade de se manifestar. A opinião de todos os membros da família deve ser considerada, principalmente se o momento pede uma solução para o bem geral ou se os filhos precisam tomar alguma decisão a respeito dos pais – levá-los para morar consigo, para uma instituição de longa permanência ou deixá-los em sua própria casa, por exemplo.

  1. Atividades em conjunto

Promova momentos e atividades que reforcem os laços familiares, no intuito de estimular a integração e a cumplicidade de todos.

Confira algumas ideias de atividades em grupo para fazer com a família:

  • Faça uma enquete e descubra um lugar para onde todos gostariam de viajar. Depois, alugue uma van ou um ônibus e façam um ótimo passeio;

  • Ofereça um jantar para comemorar um aniversário, uma promoção, uma formatura ou simplesmente para brindar à vida;

  • Organize uma festa surpresa e peça a colaboração de todos os convidados;

  • Convide a família para uma sessão de cinema em casa, com direito a pipoca – AQUI tem dicas de filmes para assistir em família;

  • Convoque todos para um jogo divertido, como Imagem & Ação, Caça ao Tesouro, jogos de tabuleiro, baralho etc.

  1. Cuidado ao idoso

Muitas vezes, os idosos são negligenciados no ambiente familiar e sentem-se solitários mesmo quando rodeados de pessoas. Para que a família continue unida e feliz, todos devem estar engajados em oferecer carinho e cuidado ao idoso.

Procure oferecer amparo nas situações em que o idoso sente dificuldade, mas, de maneira geral, não limite sua autonomia. Permita que ele continue ativo, estimule sua independência e esteja por perto para ajudá-lo quando houver necessidade.

Com essas dicas de convivência, você certamente terá momentos muito agradáveis com quem você ama e já sabe como ter uma família feliz!

Para receber mais conteúdos como este, inscreva-se em nossa newsletter! Vá até o início do texto e cadastre seu e-mail no formulário ao lado esquerdo!