A importância da caminhada na terceira idade

A prática regular de atividades físicas é essencial para manter a saúde em dia em qualquer faixa-etária, inclusive na terceira idade. Movimentar o corpo com frequência, além de promover bem-estar físico e mental, reduz as chances de desenvolvimento de problemas físicos e incapacidades permanentes no futuro.

 A caminhada, por exemplo, é um exercício simples, de baixo impacto e absolutamente acessível. A velocidade e o tempo dedicado à atividade pode variar de acordo com a resistência de cada pessoa, desde que se mantenha uma regularidade. O ideal é que sejam dedicados cerca de 30 minutos diários à prática. Pode ser na academia, em praças ou parques, no quarteirão ou até mesmo no próprio quintal: O importante é se movimentar.

Alguns benefícios da prática regular da caminhada:

  • Melhora da força muscular;
  • Fortalecimento dos ossos e articulações;
  • Melhora do equilíbrio e consequente diminuição do risco de quedas;
  • Prevenção da obesidade e diminuição do risco de incidência de doenças cardíacas;
  • Prevenção de doenças crônico-degenerativas como a osteoporose, artrite e artrose;
  • Redução da diabetes tipo 2;
  • Melhora da circulação sanguínea;
  • Controle da pressão arterial.

Todos esses benefícios resultam na melhoria da  qualidade de vida dos idosos, pois possibilitam que eles tenham rotinas mais ativas e independentes.   

Recentemente, no Reino Unido, um senhor de 99 anos conseguiu arrecadar cerca de 20 milhões de libras (mais de R$ 130 milhões) em doações para uma instituição  ao propor um desafio a si mesmo: dar 100 voltas no jardim de casa com um andador como forma de prestar homenagem aos profissionais da saúde que o curaram do câncer e de uma fratura no quadril. A arrecadação de fundos para boas causas em torno de feitos extraordinários é comum no país. O feito também chama a atenção para a importância da prática da caminhada.  

Segurança e tranquilidade na hora da caminhada com o Vidafone móvel

Muitos idosos praticam caminhadas na rua, e em grande parte das vezes desacompanhados. Por mais ativos e saudáveis que sejam, ainda assim são motivo de preocupação constante por parte dos familiares. E não é para menos: Em ambientes externos, estão mais suscetíveis a incidentes, principalmente com quedas.

Para proporcionar segurança nesses casos, muitas famílias têm optado por soluções tecnológicas que garantam que os idosos estarão amparados caso necessitem, os chamados Sistemas de Monitoramento Pessoal

Através do serviço conhecido como VIDAFONE, o  usuário aciona um botão de emergência em um dispositivo usado junto ao corpo, como pulseira ou pingente, e uma ligação é imediatamente realizada para uma Central de Atendimento disponível 24 horas. O atendimento é feito por profissionais treinados que irão agir de acordo com a gravidade de cada situação

No caso dos idosos que saem desacompanhados, o modelo indicado é o Vidafone móvel, que  funciona através de linha telefônica móvel, com tecnologia GSM. O Vidafone móvel pode ser usado em qualquer lugar com sinal de telefone. Também é possível saber localização do usuário em tempo real, através da função GPS.  Além do botão de emergência, o Vidafone móvel acumula a função de telefone para idosos, por onde o idoso consegue falar por voz com números previamente cadastrados. Esse modelo é resistente à água e possui sensor de quedas embutido.  

Quer saber mais sobre a tecnologia que pode proporcionar ainda mais qualidade de vida para o seu familiar idoso?  Peça mais informações através do e-mail contato@tecnosenior.com.br, da nossa página de contato ou ligue para 51 3018-6950. Se você preferir, entre em contato pelo WhatsApp pelo 51 99998-0245.

Compartilhar
Tire suas dúvidas