Idosos: cuidados necessários com a chegada do inverno

Em algumas regiões, a chegada do inverno é marcado por quedas bruscas na temperatura. As mudanças climáticas afetam a saúde especialmente dos idosos, que já possuem o sistema imunológico mais frágil por conta da idade avançada. Por isso, listamos alguns cuidados especiais que você pode ter em casa para proporcionar mais conforto e evitar contratempos nessa época.

Confira o post sobre os principais perigos e cuidados com os idosos no inverno

4 dicas de cuidados com idosos no inverno

Pessoas idosas costumam sofrer mais com o frio, já que as temperaturas mais baixas fazem com que a musculatura do corpo se contraia, ocasionando dores, especialmente em quem já sofre com problemas nas articulações e na circulação do sangue. Além disso, os idosos possuem menos gordura no corpo e a pele mais fina, ou seja, são ainda mais sensíveis ao frio. As dicas a seguir ajudam a manter o idoso confortável nos dias mais frios. 

#1 Alimentação adequada

É importante que os idosos se alimentem adequadamente em todas as épocas do ano, mas no inverno é imprescindível ter ainda mais atenção à ingestão de alimentos que possam desequilibrar a assimilação de nutrientes, levando à baixa imunidade. É o caso de idosos que consomem muitos carboidratos como pães e massas, por exemplo.  Carnes magras, frutas e verduras e muito líquido devem fazer parte da rotina. Caldos e sopas, além de muito nutritivos, alimentam e aquecem o idoso nos dias frios.

#2 Exercícios, mesmo que leves

É bastante comum, não só entre os idosos, que a prática de exercícios físicos seja abortada durante o inverno. Porém, é importante que as atividades sejam mantidas normalmente, de preferência em ambientes fechados. Ficar parado por longos períodos pode levar à atrofia dos músculos, a complicações digestivas e à perda de vitalidade, além de contribuir com a obesidade, o envelhecimento do corpo e o agravamento de doenças. Se não for possível realizar exercícios físicos convencionais, o idoso deve ao menos realizar caminhadas ao ar livre em horários menos frios ou até mesmo em lugares fechados como shoppings, por exemplo.

#3 Corpo e ambiente aquecidos

Roupas adequadas e quentes são essenciais nos dias mais frios. O pescoço, a lombar, mãos e pés são as áreas do corpo mais sensíveis às baixas temperaturas. Quando for necessário aquecer o ambiente, é possível usar ar condicionado na função quente ou acender a lareira. Dessa forma, além de mais confortável, o idoso fica menos propenso a contrair gripes e resfriados com facilidade.  Também é importante para preservar a saúde do idoso evitar grandes aglomerações, especialmente em ambientes fechados. 

#4 Banho quente 

Além de apresentar vários benefícios, como relaxar os músculos, aliviando dores, o banho quente provoca sensação de relaxamento, pois os vasos sanguíneos são dilatados  e, assim, o sangue o oxigênio fluem melhor, causando sensação de alívio e até mesmo melhorando a qualidade do sono. Além disso, o banho quente também ajuda a diminuir sintomas de gripes e resfriados.

Com esses cuidados, é possível proporcionar conforto ao seu familiar idoso mesmo nos dias mais frios. Para proporcionar ainda mais segurança e tranquilidade para quem você ama, conheça os sistemas de monitoramento de idosos à distância da Tecnosenior. 

Compartilhar