Licitação de teleassistência para idosos é aberta

O “Televida”, projeto para monitoramento e teleassistência residencial a idosos, funciona 24 horas e tem, no momento, 50 beneficiados. Ele é acionado automaticamente quando o usuário aperta um botão de emergência localizado em uma pulseira ou colar e, a partir do envio do sinal a um console localizado na residência do usuário, é feito um contato com atendentes treinados para auxilio de idosos.

O projeto, que existe desde 2013, terá o atendimento ampliado para 250 idosos em Santos, no litoral de São Paulo. Para isso, a Prefeitura abriu processo licitatório, na modalidade pregão eletrônico, para contratação de empresa especializada no serviço de monitoramento.

Como o equipamento funciona

Trata-se de um sistema de suporte ao usuário dentro de sua residência, e é acionado por um botão de emergência pessoal em forma de pulseira ou colar de plástico antialérgico e resistente à água. A partir do envio de sinal de emergência, o aparelho faz contato com atendentes que possuem planos de ação para atender os usuários em situações críticas. . “O serviço promove o monitoramento em tempo real, à distância, auxiliando a pessoa em situações de emergência, agilizando seu atendimento no momento da intercorrência”, explica o coordenador da Atenção Domiciliar, Devanir Paz, da SMS.

Um mercado promissor

O mercado de tecnologias para assistência e monitoramento de idosos vem crescendo nos últimos anos. Novos produtos e aplicações estão sendo desenvolvidas a fim de facilitar a vida de pessoas que morem sozinhas, passem períodos sem companhia e/ou sofram de doenças crônicas. A Tecnosenior, com ampla experiência em tecnologias para monitoramento pessoal, dispõe de equipamentos certificados pela ANATEL e presta suporte a empresas que desejam penetrar nesse mercado ou mesmo ampliar sua atuação. Clique aqui para obter mais informações.

Para saber mais sobre o serviço, acesse nossa área de produtos.

Com informações: Boqnews e G1.com

Compartilhar
Tire suas dúvidas