10 Dicas para evitar a queda de idosos

Aproximadamente 30% das pessoas com mais de 65 anos de idade cai pelo menos uma vez por ano. Depois dos 80 anos, esse percentual pode chegar a 50%, segundo informações do Ministério da Saúde. A principal causa de morte acidental entre idosos é considerada uma questão de saúde pública e ocorre, principalmente, por alterações fisiológicas naturais do envelhecimento, como perdas nos sentidos, especialmente a visão, alterações no equilíbrio e fraqueza muscular. São sintomas inevitáveis que devem ser tratados mas não podem ser evitados. Por isso, listamos 10 dicas que podem ser facilmente colocadas em prática nos ambientes frequentados pelo idoso para minimizar o risco de quedas. Confira:

10 dicas para evitar a queda de idosos

#1 Eliminar objetos que possam ser obstáculos dentro de casa, como fios, tapetes e alguns móveis, entre outros objetos.

#2 Instalar suportes, corrimãos e outros acessórios que proporcionem segurança e auxiliem no equilíbrio, principalmente nos ambientes mais frequentados pelo idoso, como no banheiro, corredores e quarto.

#3 Usar sapatos com sola antiderrapante e evitar chinelos e pantufas com solados gastos ou frouxos. 

#4 Instalar  iluminação ao longo do caminho da casa, principalmente para chegar até o banheiro. Os interruptores devem ficar em locais de fácil acesso.

#5 Os armários devem ter portas leves e maçanetas grandes para facilitar a abertura, e as roupas mais usadas devem ficar em lugares de fácil acesso.

#6 Evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

#7 Tomar os medicamentos sempre no horário correto e informar o médico no caso de algum efeito colateral.

#8 Ao andar na rua, levar o  mínimo de objetos possível, de maneira que possa manter as mãos livres.

#9 Visitar o geriatra e realizar exames de rotina com frequência, a fim de identificar e corrigir possíveis problemas de saúde que possam acarretar em uma queda.  

#10  Se necessário, lance mão de apoio mecânico: bengala e andador dão estabilidade e auxiliam na sustentação do corpo ao andar ou ficar parado em pé.

Confira mais dicas para evitar quedas de idosos em casa

Atendimento imediato com o sensor de quedas do Vidafone

Mesmo com todos os cuidados para evitar as quedas, nenhuma pessoa estará 100% fora de risco. No entanto, caso acabe ocorrendo, é essencial, para minimizar os danos, que o atendimento seja feito o mais rapidamente possível. O ideal é que pessoas com idade avançada estejam constantemente acompanhadas ou, ao menos, monitoradas. Quando isso não for possível, contar com a tecnologia pode ser uma solução. 

Vidafone é um serviço de emergência pessoal que proporciona que o seu familiar idoso esteja assistido de forma passiva em tempo integral com a garantia de que será imediatamente socorrido em caso de emergência. Através de um Botão de emergência – dispositivo pequeno e discreto usado como pingente ou pulseira, é possível acionar uma central de atendimentos disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Quando o botão de emergência é acionado, contatos cadastrados previamente são automaticamente comunicados. Um profissional irá se comunicar imediatamente com o idoso, afim de identificar a gravidade da ocorrência e, dependendo da situação, agirá conforme for necessário, desde simplesmente acalmá-lo até eventualmente acionar ambulância ou serviços médicos.

Quando, por decorrência de uma queda, o idoso não conseguir acionar o socorro, entra em ação o sensor de quedas, que aciona automaticamente o serviço. Ou seja, o seu familiar estará amparado mesmo quando não conseguir pedir ajuda.   

Clique e baixe o infográfico gratuito sobre causas e como evitar as quedas de idosos

Fale conosco para saber mais sobre o Vidafone e demais serviços oferecidos pela Tecnosenior

 

Compartilhar
Tire suas dúvidas