A importância do Sol para a saúde na terceira idade

15 a 20 minutos diários de exposição ao sol – sem filtro solar – é o ideal para que os idosos produzam os níveis necessários de vitamina D. 

A luz do sol é essencial para o desenvolvimento dos seres vivos. Na terceira idade, é ainda mais importante que o corpo produza a vitamina D, responsável por combater problemas nos ossos, a sensação de fadiga e as dores musculares. Além disso, a exposição solar tem relação com a regulação do ciclo circadiano, que é a percepção do dia e da noite que influencia na regulação de todo o organismo, inclusive na produção hormonal, e também afeta positivamente no humor e na socialização dos idosos, tão importantes para mantê-los mais alegres e saudáveis.

O ideal é que o idoso fique exposto ao sol por no mínimo 15 e no máximo 20 minutos diários – sempre com o rosto protegido com filtro solar e os olhos cobertos com óculos de sombra. Após esse tempo médio, recomenda-se o uso do protetor solar para prevenção de câncer de pele e outras doenças. Os melhores horários para o banho de sol são entre 10h e 10h30 ou de 15h a 15h30, quando há maior incidência de raios ultravioletas que ajudam na produção da vitamina D. Durante o período, o protetor solar não deve ser usado, já que ele inibe esses raios. A seguir, citamos as principais vantagens do banho de sol para os idosos:

3 principais vantagens do banho de sol

#1 Aumento na produção de vitamina D

Quando falamos em vitamina D, automaticamente pensamos no  banho de sol. Apesar dela também poder ser encontrada em alguns alimentos, o sol é realmente a sua fonte natural e mais abundante. A radiação ultravioleta é responsável pela prevenção do enfraquecimento dos ossos, mais conhecido como osteoporose. Além disso, evita a fadiga e o aumento das dores musculares, já bem frequentes nesta fase da vida.

#2 Produção de hormônios  

Ao regular o ciclo circadiano, todas as demais funções do organismo passam a trabalhar de forma adequada, incluindo a produção de hormônios.

#3 Redução de problemas psicológicos e mentais 

A exposição ao sol, e consequentemente ao ar livre, faz com que as pessoas se sintam emocionalmente melhor, tendo o poder de aliviar o estresse. Como já mencionado, o banho de sol ajuda na melhora do humor, deixando principalmente os idosos mais propensos a conviver em harmonia com as pessoas ao seu redor, fazendo com que as chances de depressão diminuam. 

Além dessas vantagens, a exposição à luz natural também promove outros benefícios à saúde, bem como auxiliar na regulação da pressão arterial, deixar a pele com aspecto mais saudável, aumentar as defesas do organismo e, é claro, elevar a autoestima. Mas atenção: Existem algumas restrições. Pessoas com pele e cabelo claro, olhos claros e histórico familiar de câncer de pele devem se expôr ao sol sempre usando protetor solar. Outro cuidado que deve ser constante  é com a hidratação. De maneira geral, o idoso já é um indivíduo que tem menos líquido corporal e sente menos sede. 

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *