Abandono de idosos: OAB discute medidas

O abandono de idosos foi tema de discussão no Fórum da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) realizado no final de outubro. Na ocasião, foram abordados temas como Políticas Públicas e convivência com idosos acamados. A presidente da Comissão de Defesa de Direitos da Pessoa Idosa, Lenieverson Santana, destacou a importância do debate sobre o assunto, tendo em vista que...

Gentileza alegra a vida de idosos

A velhice costuma ser, em geral, uma fase solitária da vida. Com a aposentadoria, filhos crescidos e com as próprias vidas, responsabilidades e rotinas agitadas, além de limitações físicas, é comum que pessoas idosas sintam-se sozinhas. Alguns porque passam muito tempo desacompanhados, outros porque mudam-se para residências geriátricas e não se adaptam tanto ao novo ambiente. Até mesmo os que moram com familiares...

Quais as dificuldades na implementação de um sistema de emergência para idosos?

Como em todas a fases da vida que exigem adaptação, encarar a terceira idade pode ser um grande desafio. Uma série de mudanças ocorre gradualmente na vida da pessoa idosa: O corpo já não corresponde da mesma forma aos estímulos, problemas de saúde são mais frequentes e com consequências mais graves, o metabolismo torna-se mais lento, etc. Esse processo pode ser...

Quais as diferenças entre Vidafone Fixo e Móvel?

Visando a proporcionar segurança para os idosos sem interferir na sua autonomia, muitas famílias têm optado por soluções tecnológicas que permitam que eles vivam tranquilamente com a garantia de que estarão amparados caso necessitem. Isso é possível graças a Sistemas de Monitoramento Pessoal, através do serviço conhecido como VIDAFONE.Vidafone: Tecnologia a serviço da preservação da vidaO usuário aciona um botão de...

Vidafone fixo: segurança e tranquilidade para o idoso que mora sozinho

Chegar à terceira idade já não é sinônimo de se tornar dependente. Pelo contrário: Os idosos estão cada vez mais saudáveis e ativos, prezando pela própria independência e autonomia. Diante desse cenário, muitos optam por permanecer nos seus próprios lares. Porém, mesmo plenamente capazes de viver sem depender dos cuidados de outras pessoas, eles ainda são motivo de constante preocupação entre os...
Tire suas dúvidas