Incontinência urinária em idosos: causas e tratamento

A incontinência urinária é um distúrbio caracterizado pela perda involuntária de urina pela uretra. As causas podem estar relacionadas a diversos fatores, como gravidez, parto, presença de tumores, doenças que comprimam a bexiga, obesidade e tosse crônica, por exemplo. Embora possa acontecer em qualquer fase da vida, a incontinência urinária em idosos é mais comum. O problema afeta entre 30%...
saúde mental do idoso

Saúde mental do idoso e as barreiras do envelhecimento

Com o crescente envelhecimento da população brasileira, os cuidados e preocupações com a qualidade de vida e a saúde da parcela idosa também aumentam. Além da atenção com questões mais reconhecidas como perigosas (especificamente problemas físicos), outro ponto merece zelo no bem estar da população mais velha: a saúde mental do idoso. Isolamento, depressão e alzheimer estão entre as condições mais frequentes...
alongamento para idosos

Alongamento para idosos: 5 atividades para praticar em casa

Um dos principais efeitos do envelhecimento é a dificuldade cada vez mais notável em se locomover. O declínio funcional do organismo é gradual e inevitável com o passar dos anos. Equilíbrio, flexibilidade, coordenação motora e força muscular são os principais fatores prejudicados. Para amenizar esses efeitos, um estilo de vida saudável, aliando prática regular de atividades físicas e uma dieta...
hipertensão em idosos

Hipertensão em idosos: saiba tudo sobre a doença

A hipertensão em idosos é uma doença com grande incidência: 60% das pessoas com 60 anos têm pressão alta. Essa porcentagem aumenta gradativamente ao longo dos anos, e a presença da hipertensão na terceira idade é tão comum que médicos e especialistas já consideram quase normal ter pressão alta depois de uma certa idade. Mas será mesmo que isso é...
alimentação saudável na terceira idade

Alimentação saudável na terceira idade: 5 dicas infalíveis

Envelhecer é um processo natural e inevitável. Nessa fase da vida, o corpo passa por mudanças bastante significativas que acabam impactando na rotina. Devido a alterações na função hormonal e no metabolismo, é mais do que normal que o organismo passe a trabalhar mais lentamente. No entanto, às vezes, esse quadro pode evoluir para um desequilíbrio. Para evitar isso, é indispensável...
Tire suas dúvidas