Monitoramento de idosos a distância – para casa ou para fora

Já faz algum tempo que a terceira idade não é sinônimo de incapacidade. Muito pelo contrário: Os idosos estão cada vez mais ativos e independentes. Segundo o IBGE,  cerca de 45% das pessoas que moram sozinhas no Brasil tem 65 anos ou mais.  Grande parte deles faz essa opção por não se sentir a vontade em se mudar para a casa de filhos e parentes ou porque não aceitam a presença de cuidadores ou acompanhantes em casa.  Porém, é inegável que, com o passar dos anos, o corpo vai ficando mais sensível e, consequentemente, mais suscetível a apresentar falhas. O bem-estar do idoso que passa muito tempo sozinho é uma preocupação constante das famílias. Como estar presente e proporcionar cuidado sem invadir o espaço deles? O monitoramento de idosos a distância é a escolha ideal para equilibrar essas necessidades.

Socorro imediato em caso de emergência com o sistema de monitoramento de idosos a distância

Um dos grandes temores das famílias de idosos que vivem sozinhos é justamente a questão de prestar socorro no caso do idoso sofrer um acidente. Dependendo da gravidade do fato, a agilidade no atendimento é crucial para a recuperação. 

Hoje em dia existem tecnologias assistivas que permitem que o idoso tenha uma rotina normal e consiga pedir ajuda caso aconteça alguma emergência. Uma das opções mais completas disponíveis é o Vidafone, um serviço que  proporciona segurança para o usuário e tranquilidade para toda a família.

Através de um botão de emergência usado junto ao corpo (como pulseira ou pingente) é possível entrar imediatamente em contato com uma central  24h onde um atendente especializado irá realizar o atendimento e agir conforme a gravidade da situação, desde uma simples conversa até o contato com a família ou serviços médicos, por exemplo. 

Dependendo do estilo de vida do idoso, é possível escolher entre duas modalidades do serviço de monitoramento de idosos a distância:

Vidafone Fixo

Ideal para idosos que passam muito tempo sozinhos em casa,  o botão de emergência do Vidafone fixo funciona conectado a um console ligado à linha telefônica fixa, por onde é realizada a chamada de emergência. O sistema de viva-voz de longo alcance funciona até uma distância de aproximadamente 300 metros, ou seja, em qualquer cômodo da casa.  À prova d’água e com bateria de longa duração, o botão de emergência pode ser usado durante todo o dia, inclusive na hora do banho.

Vidafone móvel 

Destinado principalmente a pessoas que realizam atividades fora de casa, o Vidafone móvel funciona através da linha telefônica móvel com tecnologia GSM. Além da função de botão de emergência, nessa modalidade é possível saber a localização do usuário em tempo real, através da função GPS. Esse modelo é resistente à água e possui sensor de queda, que aciona a central de emergência automaticamente no caso do usuário ficar impossibilitado de acionar o botão

Acesse a página do Vidafone para saber mais sobre monitoramento de idosos a distância e decida qual o serviço mais adequado para o perfil de seu familiar idoso.  

Compartilhar