Prática de exercícios: envelhecimento e atividade física

A prática de exercícios físicos é essencial em qualquer fase da vida. Na terceira idade, torna-se uma atividade terapêutica e até mesmo revolucionária. Além de apresentar diversos benefícios para a saúde, sendo essencial para o bom funcionamento do organismo, é uma importante aliada na manutenção da autoestima.

Benefícios da prática de exercícios para a saúde na terceira idade

  • Proporciona bem-estar psicológico e físico.
  • Acelera o metabolismo
  • Aumenta a imunidade 
  • Previne doenças
  • Reduz a pressão arterial
  • Reduz a presença de gorduras
  • Fortalece os músculos
  • Minimiza a perda de massa muscular 
  • Aumenta a resistência

É claro que um idoso não irá realizar atividades de alto impacto, como esportes radicais ou corridas. 30 minutos de caminhada diária ou aulas de alongamento ou yoga algumas vezes por semana, por exemplo, já são suficientes. O importante é manter-se sempre ativo e em movimento. Uma rotina de exercícios leves, sem falhas, vale mais do que um dia de atividades pesadas.

Dicas de exercícios para idosos

Alongamento

Praticar alongamento ajuda a  evitar atrofiamentos, melhora a flexibilidade e circulação sanguínea, além de refletir na melhora da disposição e performance em tarefas diárias, como arrumar a cama e varrer a casa, por exemplo. 

Yoga

A yoga, além de ser uma ferramenta incrível de autocontrole e autoconhecimento, proporciona melhora na postura e na flexibilidade, ajudando, assim como o alongamento,  a relaxar as articulações e, consequentemente, proporcionando uma melhora na performance em atividades diárias.

Hidroginástica

A água relaxa as articulações, aliviando dores e aumentando a resistência do corpo e respiratória, melhorando o ritmo cardíaco e o funcionamento dos pulmões. Além disso, todos os músculos do corpo são exercitados. 

Caminhadas

É a atividade mais comum, e pode ser adaptada de acordo com a resistência de cada um e das condições que a pessoa se encontra no momento. Além de ajudar a fortalecer músculos e articulações, promove a inclusão social dos idosos que podem optar por caminhadas ao ar livre em parques e praças, por exemplo. É importante escolher roupas e sapatos adequados para a prática.

Outro ponto positivo da caminhada é que ela pode ser realizada em qualquer horário do dia, de acordo com a preferência de cada um. Por outro lado, uma pessoa idosa andando desacompanhada pode ser motivo de dor de cabeça para familiares. E não é para menos: Idosos estão mais propensos a acidentes como as quedas, por exemplo, além do risco de ficarem perdidas por algum motivo. Uma solução bastante útil nesse caso são os rastreadores para idosos.

Rastreador GPS para idosos

Com o rastreador GPS para idosos, o seu familiar pode praticar atividades na rua normalmente, com a tranquilidade de que não estará realmente só. O aparelho permite que contatos cadastrados recebem a localização do usuário em tempo real. Isso pode ser feito pelo próprio idoso, caso haja necessidade: basta que ele acione um botão de emergência.  Também há a possibilidade de familiares terem acesso à localização do idoso em tempo real, a qualquer momento do dia ou da noite.

O Ratreador para idosos é parte do serviço conhecido como  Vidafone Móvelque também possui a função de celular para idoso com botão de emergência. Através do botão, é possível realizar uma chamada para uma Central de Atendimento 24 Horas com pessoal especializado para auxiliar no que for necessário.

 Compacto, leve e de simples manuseio, o Vidafone Móvel pode ser usado como pulseira, pingente, ou até chaveiro. Também conta com sensor de queda, que realiza a chamada de emergência automaticamente para a Central sem que o usuário precise pressionar o botão SOS.

Compartilhar
Tire suas dúvidas