A imagem mostra uma senhora idosa com óculos escuros em local aberto olhando para cima com uma máquina fotográfica no seu pescoço

Solitude ou solidão? Qual a diferença?

A diferença dos termos

Muitas pessoas confundem o termo solitude com solidão, porém, os significados dessas palavras são diferentes. 

A Solitude é um termo que significa estar sozinho por opção, como também estar feliz com isso.

Entretanto, a solidão significa o sentimento de vazio do ser humano, seu significado é mais desagradável remetendo à dor, angústia e o sentimento de infelicidade. 

A solitude em idosos

À medida que passam os anos, é muito comum que nós tenhamos mais prazer ou necessidade em estarmos sozinhos. Diferente da época mais jovem, quando estar rodeado de amigos, amores ou família fazia muita diferença para os momentos agradáveis.

Porém, no caso dos idosos, esse sentimento é muito comum, sendo por prazer da própria companhia ou também por sentimentos de desprezo, receio e culpa.

Pesquisas indicam que idosos podem ter vontade de se isolar por não se sentirem “úteis” ou não acolhidos no ambiente. Além disso, o medo de quedas e acidentes também é apontado.

Contudo, também existem as pessoas da terceira idade que gostam e sentem prazer em estarem sozinhas se mantendo independentes.

Leia esta matéria

Um estudo realizado pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, em parceria com a Bayer, aponta que a solidão é o medo mais existente na faixa etária acima dos 60 anos, seguido pela preocupação com a incapacidade de enxergar ou se locomover e, por conseguinte, o desenvolvimento de doenças graves em terceiro lugar.

O papel da assistência pessoal

Pensando nesses aspectos, os sistemas de assistência pessoal são ótimas formas de acolhimento para as pessoas que vivem sozinhas. No caso do Vidafone, oferecido pela Tecnosenior, o usuário mantém sua segurança através do aparelho de assistência pessoal sem interferir na sua intimidade.

Visto que existem outras vantagens como os métodos de atendimento da área de pós-venda, em que atendentes fazem “ligações de bem-estar” para conversar com o idoso, proporcionar companhia, além de visitas a fim de reforçar todo o acolhimento.

Além disso, eventos também são disponibilizados fazendo com que o usuário se sinta independente e, ao mesmo tempo, tenha a opção da socialização.

Quer conhecer mais sobre esse tipo de vantagem?

Acesse esse texto sobre pulseiras de emergência.

 

 

Clique aqui e fale conosco para saber mais sobre a pulseira de emergência para idosos

Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *