Pulseira SOS para idosos ou cuidador: qual a melhor opção?

pulseira sos para idosos

Conheça os prós e contras na hora de escolher entre contratar um profissional cuidador ou optar por uma pulseira SOS para idosos para cuidar seu familiar

Os pais vão ficando mais velhos e, assim, os filhos começam a se preocupar não apenas com o bem-estar, mas também com a segurança deles. Para os idosos que moram sozinhos, muitas vezes torna-se imprescindível a presença ainda mais frequente de filhos ou outros familiares e, em alguns casos, até mesmo em tempo integral. Porém, a rotina muitas vezes impede que isso aconteça.  E é nesse momento que as famílias acabam optando pela contratação de cuidadores, profissionais especializados no cuidado com idosos. Por outro lado, outras pessoas têm recorrido à tecnologia para proporcionar o cuidado necessário, através da pulseira SOS para idosos dos Sistemas de Emergência Pessoal.

Profissional cuidador X pulseira sos para idosos: afinal, qual a melhor opção?

Muitas pessoas ficam em dúvida na hora de escolher a melhor forma de proporcionar cuidado para o familiar idoso. Pensando nisso, listamos cinco dos principais fatores que devem ser considerados na hora de optar por alguma das alternativas. Analisando cada um, você descobre qual a melhor opção para garantir o bem-estar e a segurança de quem você ama!

Proporcionar atenção ao idoso

O cuidador é um ser humano. Carinho, atenção e afeto são coisas que só podem ser transmitidas de pessoa para pessoa. Por isso, além de cuidar da saúde e ajudar nas tarefas do dia-a-dia, o profissional pode reduzir uma possível solidão sentida pelo idoso. A pulseira SOS para idosos pode ser muito eficiente quando algo de errado acontecer, acionando o socorro, mas nesse ponto a tecnologia ainda não conseguiu avançar tanto.

Independência para o idoso

Grande parte dos idosos que optam por permanecer em suas residências o faz justamente porque estão acostumados a viver no seu espaço e não querem depender de outras pessoas no cotidiano. Alguns aceitam a presença dos cuidadores tranquilamente, outros já preferem manter a privacidade. Nesse aspecto, optar pela teleassistência com a pulseira SOS para idosos é a melhor escolha, já que ela não é invasiva e proporciona segurança sem afetar a autonomia e a indepenência do idoso.

Apoio em emergências

É frequente que pessoas idosas passem por situações emergenciais que exigem ações rápidas. Desde um passageiro mal estar até uma queda, certas ocorrências demandam socorro imediato. O cuidador de idosos profissional possui preparo para este tipo de emergência e realizará os primeiros socorros, além de chamar ambulância e avisar os familiares quando necessário. No entanto, momentos de distração podem acontecer, e além disso muitas vezes o cuidador não está presente 24 horas por dia no lar do idoso. Isso abre a possibilidade para acidentes noturnos e no banho, por exemplo, que são muito frequentes.

Já a pulseira SOS para idosos foi desenvolvida justamente para esse tipo de situação. Ela executará sua função rapidamente e livre de falhas humanas. Quando acionada, a pulseira contata imediatamente uma Central de Atendimento que fica disponível 24 horas por dia com profissionais preparados. Eles conversam com o idoso, analisam a emergência e agem de acordo com a situação (apenas acalmando o idoso, avisando familiares ou mesmo acionando o serviço de remoção do idoso, dependendo do plano de ação estabelecido). Além disso, a pulseira é à prova d’água, por isso funciona inclusive durante o banho.

Garantir o uso correto da medicação

As doses e horários das medicações precisam ser seguidos rigorosamente de acordo com instruções dos médicos, do contrário o paciente pode ter agravamento dos problemas de saúde. O cuidador de idosos pode auxiliar na hora de ministrar os remédios, mas a tecnologia também. Um dos acessórios opcionais do PERS 4200, o console com o qual a pulseira SOS para idosos funciona, é um dispensador automático de medicamentos que dispara um alarme e libera os medicamentos que foram programados para cada horário. E caso o idoso não realize o movimento para retirar o remédio, o dispensador volta a emitir o alarme. Assim não há risco de esquecimento ou confusão entre medicamentos.

Custo

Contratar um funcionário para cuidar dos seus pais pode ser, como já mencionado, além de uma solução para a questão da segurança, uma forma de evitar a solidão. Porém, essa alternativa costuma ter um custo elevado, especialmente quando o profissional trabalha o dia inteiro (o que é necessário para garantir esse cuidado integral). Já o serviço Vidafone Fixo – com o PERS 4200, a pulseira SOS para idosos e o serviço de atendimento da Central – tem um custo bem mais baixo e o serviço fica disponível durante as 24 horas do dia.

Qual opção escolher?

Como você viu, cada forma de cuidado tem suas características positivas, negativas e situações em que são mais adequadas. Portanto, se você precisa mesmo escolher entre uma solução ou outra, é fundamental entender quais são as necessidades do seu familiar idoso e, assim, optar por aquela que melhor serve a elas. Além disso, você também pode optar por combinar os dois serviços, mantendo o profissional cuidador por parte do dia e contando com o serviço de teleassistência quando ele não estiver presente. Essa é a forma mais eficiente de proporcionar segurança, tranquilidade e autonomia para o seu ente querido que está na terceira idade.

Quer saber mais? Contate-nos através do e-mail contato@tecnosenior.com.br, pelos telefones 51 3018-6950 e 51 99998-0245, pela nossa página de contato ou, ainda, pelo WhatsApp 51 99998-0257.

Guilherme Not

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *